(54)981448003

NO AR

Jornal Observatório

jornalobservatorio.com.br

Geral

No dia da árvore, Prefeitura de Caxias lança o Plano Diretor de Arborização Urbana (PDAU)

Publicada em 21/09/20 às 19:51h - 28 visualizações

por Jornal Observatório


Compartilhe
   

Link da Notícia:

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Semma), lança nesta segunda-feira, dia 21 de setembro de 2020, Dia da Árvore, o Plano Diretor de Arborização Urbana do Município de Caxias do Sul (PDAU).


O PDAU é um complemento ao Decreto nº 19.571/2018, que dispõe sobre as Normas de Arborização Urbana no âmbito do Município de Caxias do Sul, definindo casos onde há possibilidade de autorização de corte e poda de árvores em área pública e normas mais gerais sobre a implantação e manutenção da arborização de praças, parques e vias públicas. O Plano de Arborização Urbana não é um simples regramento, ele aprofunda as questões já normatizadas no Decreto existente, e traz inúmeros avanços na temática da Arborização Urbana no município.


O PDAU foi elaborado com base nos inventários produzidos no Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica, o que, segundo a bióloga Morgana Rech, se torna o grande diferencial, já que a maioria dos municípios que implementou seu plano de arborização, o fez anteriormente ao conhecimento do patrimônio arbóreo existente. "Um dos programas do Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica foi a realização do inventário da cobertura vegetal das áreas públicas e o levantamento georreferenciado a arborização urbana. Deste inventário, resultou um total de 64.123 árvores existentes nos passeios público. Desde então, todas as árvores suprimidas e novos plantios realizados pela Semma são incluídos em um Banco de Dados, disponível no GeoCaxias, para acesso de qualquer cidadão. Assim, o conhecimento do nosso patrimônio arbóreo foi o primeiro passo para subsidiar a elaboração do PDAU", informa a bióloga da Semma.


O secretário Nerio Jorge Susin acrescenta ainda que o PDAU traz um histórico da arborização no âmbito do município, desde registros de plantios em vias públicas até o histórico da legislação existente. "Com base nestes resultados, sobre condições da arborização, composição de espécies e também sobre problemas e conflitos verificados, que é feito o planejamento da arborização urbana. Este planejamento prevê critérios para a escolha da espécie correta para cada local, considerando as características de porte, crescimento da copa, tipo de folhagem, floração e frutificação (entre outras), e levando em conta a posição solar, largura do passeio e demais características do entorno. Cabe salientar que foi elaborada uma lista de 163 espécies com potencial para uso na arborização urbana do município, com características de cada uma e condições de adequação das mesmas conforme vem sendo observado ao longo dos anos no nosso município", explica.


Nerio Susin argumenta ainda que o Plano traz detalhes sobre a importância do manejo adequado, desde a obtenção ou produção das mudas, seu plantio na arborização urbana, até as melhores técnicas de poda e outras práticas possíveis. "Com tudo isso em mente, é regrada a gestão da arborização urbana no município, englobando a manutenção do banco de dados destas árvores e os programas de plantio e dos diferentes manejos realizados pela Equipe de Praças, Parques e Jardins (supressão, poda, destocamento e adequação de canteiros). Este planejamento trará enormes benefícios à população, pois o primeiro passo para uma arborização urbana de qualidade é a escolha adequada das espécies e dos locais para plantio. Além de diminuir conflitos e transtornos, o objetivo é embelezar a nossa cidade, incrementar a biodiversidade, trazendo benefícios à flora e fauna local, e trazer também maior qualidade de vida às pessoas, já que a arborização urbana é um bem de todos".



O Plano agrega ainda ações de Educação Ambiental junto a escolas e ao público em geral, e a capacitação dos servidores envolvidos no planejamento, licenciamento e também manejo da arborização urbana. "A implantação do PDAU é um marco para o município, e esperamos que o maior cuidado com as árvores não seja somente uma ação da Prefeitura, mas também de toda população. Vamos todos cuidar deste bem", conclama Morgana.



Fotos Fabiana de Lucena




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

 Facebook
 Instagram
 Twitter
 Youtube







.

LIGUE E PARTICIPE

(54)981448003

Visitas: 61340
Usuários Online: 21
Copyright (c) 2020 - Jornal Observatório